Prefeitos do Nordeste discutem reivindicações a serem apresentadas a Temer

16


Ao lado de prefeitos da Paraíba e do Rio Grande do Norte, o presidente da Aprece, Gadyel Gonçalves, participou, na noite da última quarta-feira (4), de encontro com o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, para reforçar pleitos municipalistas. Os gestores solicitam apoio financeiro do governo federal no valor de R$ 4 bilhões, correspondente a 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Os recursos seriam destinados a amenizar a grave crise vivenciada pelas cidades brasileiras.


Durante o encontro, Ziulkoski leu um ofício que será protocolado no Palácio do Planalto. O documento solicita uma audiência formal com o presidente da República, Michel Temer, para que o movimento municipalista apresente suas reivindicações ao chefe do Executivo, dentre elas, o auxílio financeiro da União que seria utilizada em ações de melhorias para viabilizar o atendimento à população.


O presidente da CNM pediu o apoio de todos para que isso aconteça. Estamos na luta. Temos que somar esforços. Precisamos do apoio de todos nesses pedidos, reforçou o presidente da Confederação. A sugestão do movimento municipalista é que esse auxílio do governo federal seja feito por meio de uma Medida Provisória (MP).


Mais do que nunca, é fundamental a participação dos gestores de todos os municípios para que essas e outras reivindicações possam ser atendidas pelo governo federal.


A peregrinação começou na terça-feira (3), onde os prefeitos de vários Estados, entre os quais o Ceará, foram recebidos, pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, no Congresso Nacional, em Brasília.


Na oportunidade, ele se comprometeu a falar com o presidente da República, Michel Temer, sobre um auxílio financeiro emergencial aos municípios. A Aprece fez parte desse momento, mobilizando uma comitiva de prefeitos e se fazendo política e institucionalmente presente por meio de seu presidente, Gadyel Gonçalves, e membros de sua diretoria.


O deputado Rodrigo Maia ouviu do presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, a pauta municipalista com maior urgência de aprovação. Também recebeu o pedido para interceder junto a Temer em relação a um auxílio financeiro aos municípios brasileiros no final de 2017.