Simplicidade Jangurussu – Por Leo Silva

22


Simplicidade Jangurussu é um recorte de fotografias de Leo Silva onde, através de quarentas fotos e escritas poéticas, ele consegue demonstrar as suas vivências dentro das comunidades e o entrosar com as pessoas que lá residem. Em momentos de andanças, conversas, abraços, os cliques rolam, as histórias das comunidades são disseminadas e as ideias expandidas. Nessas fotos há um trajeto, há várias histórias contadas visualmente que demonstram a realidade dos locais, a seriedade e a simplicidade com que se encontram no meio do caminho. Está aberta a porta para a Simplicidade do Jangurussu.


SIMPLICIDADE DA JANGU


A contação de história se passa no tempo vago, onde a personagem Jangu começa a transitar com seu pequeno livro. Ela se surpreende com o que lê e conta a história do bairro: um recorte de como iniciou-se. No desfecho da história ela faz uma intervenção entregando seu livro ao público e perguntando qual seria a SIMPLES CIDADE de cada um. A história continua! Simplicidade da Jangu é um convite para conhecer a sua SIMPLICIDADE.


RELEASE LEO


Leo Silva tem 22 anos, mora no Santa Filomena, que é umas das comunidades do Jangurussu. É escritor e fotógrafo e traz em suas ideias a proposta de mostrar um pouco o local onde reside. Tem algumas escritas dentro de uns livros e, atualmente, abriu a sua exposição no Cuca Jangurussu chamada de “Simples Cidade – Simplicidade”, onde apresenta 40 fotos referentes as comunidades do Jangurussu, que através da fotografia consegue demonstrar a simplicidade, os sorrisos, os olhares, o tempo de vida. Essa mesma exposição foi contemplada no edital Ação Jovem, onde tem a proposta de ser itinerante, levando para as comunidades a sua simplicidade.


O projeto foi contemplado no edital Ação Jovem da Rede Cuca.