O Partido dos Trabalhadores renova seu Coletivo Nacional de Combate ao Racismo

105

Nesta quarta-feira, 16, o novo coletivo Nacional de Combate ao Racismo do Partido dos Trabalhadores (PT) tomará posse. O evento será transmitido ao vivo, às 19h, pela TVPT e pelo canal no YouTube. A transmissão acontecerá durante o programa Liga Preta da Secretaria Nacional de Combate ao Racismo e do Núcleo de Acompanhamento de Políticas Públicas da Fundação Perseu Abramo (FPA).

Com a força da militância a favor da democracia e da luta pelo combate às violações de direitos, o PT constituiu Secretarias Estaduais de Combate ao Racismo em todos os estados do Brasil.

O Brasil que o Povo Negro Quer

Durante o evento, haverá também a posse simbólica a todas as secretárias e secretários Estaduais de combate ao racismo do país, além do lançamento do programa O Brasil que o Povo Negro Quer.

Ceará

No Ceará, o secretário estadual de combate ao racismo será o ex-deputado federal Eudes Xavier. Ele foi escolhido de forma consensual pelos militantes em Encontro Estadual de Negras e Negros do Estado.

“Precisamos, com urgência, denunciar todas as formas de racismo e fortalecer a luta pela igualdade de direitos”.                                                                Eudes Xavier

Na avaliação do ex-deputado, além de conviver com o racismo, essa prática vem sendo fortemente estimulada no Brasil por um governo de retrocesso, perseguição e preconceitos. “Aqui mesmo, em Fortaleza, vivenciamos casos escancarados de racismo, como o recente acontecimento em um grande shopping de Fortaleza, envolvendo uma consumidora negra. Foi uma nítida demonstração da persistência da cultura racista no cotidiano da nossa população, principalmente entre jovens negros da nossa periferia. Precisamos, com urgência, denunciar todas as formas de racismo e fortalecer a luta pela igualdade de direitos”, destacou Eudes Xavier, ao lamentar o aumento da violência contra negros e negras em todo o país.

O novo secretário já definiu os principais pontos do seu programa de trabalho à frente da Secretaria Estadual de Combate ao Racismo (PT-CE), entre eles estão, o fortalecimento dos movimentos sociais, sindicatos, associações, ONGs e o Movimento Negro Unificado (MNU), a luta de combate ao racismo no Ceará e as relações institucionais com as Universidades e os Parlamentos municipais, estaduais e federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here