O carnaval em Fortaleza se consolida como um dos melhores do Nordeste

20



“Não é qualquer carnaval, não é qualquer litoral, Que faz a minha cabeça, não”


Petrúcio Maia / Fagner e Zico


A animação no período de carnavalesco em Fortaleza, não é de hoje, já se vão 290 anos de folia. Segundo alguns pesquisadores, na década de 1930 surgiram blocos, quase que em formato militar com baliza à frente, seguida por estandartes.


Na década de 1960, os bailes de carnaval nos clubes faziam sucesso. Muitos anos mais tarde, o carnaval do mela-mela (com goma, farinha e até areia) ganha força nas praias do litoral Cearense, Aracati, Paracuru, Morro Branco, Camocim eram disputadas nesse período.


Já os blocos de Carnaval como vemos hoje, surgiu em 2006, com a criação do bloco Sanatório Geral, no bairro da Gentilândia. A qualidade nas músicas, irreverência e as fantasias logo chamou atenção da população que lotava as ruas do bairro e carnaval de rua ganhava novos adeptos.


O ano de 2007 é o marco do inicio do pré-carnaval em Fortaleza com bloco Luxo da Aldeia, que sai apresentando canções dos compositores e músicos da terra. Até o nome do bloco é uma homenagem à música do cantor e compositor cearense, Ednardo, Terral. Em 2009 chega a bateria da Unidos da Cachorra, e no ano de 2010 com a bateria do Baqueta Clube de Ritmistas.


A festa começa a receber incentivo dos editais e ganha horário e periodicidade, além de fomentar o turismo. Atualmente pré-carnaval da Cidade já está consolidado pela população e pelos turistas. Segundo a Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), cerca de 90 mil turistas devem vir ao Ceará (via Fortaleza) para curtir o feriado de Carnaval. Esse número é 5,1% maior que o registrado no ano passado, quando o estado recebeu 85 mil visitantes no feriado. Com isso, a ocupação da rede hoteleira está estimada em 88,9%.


Esse ano a programação conta com mais de 40 atrações nos cinco dias, confira:


Sábado, 6


–  Mercado dos Pinhões –  15h – Bloco Luxo da Aldeia


– Cantinho do Frango – 16h – Bloco os Belchior     


– Bar da Dona Mocinha – 18h – Concentração


– Aterrinho da Praia de Iracema – 20h – DJ, Karine Alexandrino, Falcão


 


Domingo, 7 


– Praça da Gentilândia


9h – Bloco Sanatório Geral


15h – Maracatu Solar com participação do Bloco Luxo da Aldeia 


– Mercado dos Pinhões – 15h-  Eu não sou cachorro não


– Av. Domingos Olimpio – 17h – desfile


– Bar da Dona Mocinha – 18h – Concentração


– Aterrinho da Praia de Iracema – 20h – DJ, Selvagens à procura de Lei e Cidadão Instigado


 


Segunda-feira, 8 


– Mercado dos Pinhões – 15h – Bloco Luxo da Aldeia


– Bar da Dona Mocinha – 18h – Concentração


– Aterrinho da Praia de Iracema – 20h – DJ, Erivan Produtos do Morro e Marcos Lessa


 


Terça-feira, 9 


– Praça da Gentilândia – 9h – Bloco Sanatório Geral


– Cantinho do Frango – 14h – Bloco os Belchior


– Mercado dos Pinhões – 15h-  Eu não sou cachorro não


– Praça dos Leões – 16h –  As Gata Pira


– Av. Domingos Olimpio – 17h – desfile


– Bar da Dona Mocinha – 18h – Concentração


– Aterrinho da Praia de Iracema – 20h – DJ, Nayra Costa e Kátia Frei


— 


Hariádina Salveano