Juazeiro do Norte pode perder central de regulação do SAMU

23


Juazeiro do Norte pode perder sua Central de Regulação do SAMU, é o que informa o diretor regional do órgão, Dr. Marco Rolim. Segundo ele, a Secretaria de Saúde do Ceará poderá mover para Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza, a base que recebe as ligações de urgência e emergência do Cariri, que hoje é feita por profissionais locais da região.


Em entrevista a Rádio Progresso nesta quarta-feira (13), Rolim afirmou que isto é tido como um retrocesso, pois segundo ele o Sistema Único de Saúde (SUS) trabalha justamente com a descentralização de serviço. “Imagina uma central a 600km de distancia não poder entender as fragilidades, das localidades e circunstâncias, das estruturas hospitalares da região. O serviço pode ser melhor otimizado por pessoas daqui, que entendem todas estas questões”, afirma.


Hoje a central de regulação do SAMU, que atende em média 200 ligações por dia, atende a 45 municípios da Macrorregião do Cariri. Fundado em 2008, o sistema já realizou a mais de 380 mil atendimentos. A região também ganhou recentemente três novas ambulâncias que servem a mais três municípios caririenses.


“Não recebemos nenhuma justificativa plausível, pois para que isso seja possível terá que ocorrer demissão de profissionais daqui e contratar mais lá. Nossa região é muito forte para perder uma regulação tão importante quando o SAMU. O Cariri será diretamente afetado”, conclui Rolim.


Um documento está sendo encaminhado ao governador Camilo Santana, para que este possa tomar conhecimento da situação e reaver a decisão da pasta em deslocar a central de atendimento para Eusébio.



Site Badalo