Juazeiro do Norte está em segundo lugar nos destinos que mais cresceram em busca no país

19


Mesmo com a crescente crise e aumento do dólar, muitos destinos no país vem mantendo impulso em busca de passagens. Um destes destinos é Juazeiro do Norte, que em ranking da ferramenta de buscas de viagem KAYAK atingiu 161% de aumento na porcentagem de busca, se tornando o segundo destino com maior crescimento dentre 15 destinos que mais aumentaram buscas no país.


A cidade de João Pessoa, na Paraíba, conquistou o título de destino com maior aumento na busca de passagens no Brasil, e junto a Juazeiro do Norte e Petrolina são destaque nacional dentro do fator de crescimento na busca por destinos no Nordeste. Dentre outras coisas, um dos principais fatores destacados pela revista E-Commerce News, que divulgou a pesquisa do site de busca de passagens, estaria em que estas cidades podem ser vistas como porta de entrada para outros destinos turísticos da região.


A pesquisa levou em consideração a taxa de aumento nas buscas em um período de um ano, entre maio de 2018 e maio 2019, com ranking das rotas domésticas dentro do país.


  1. João Pessoa – aumento de 166%


  2. Juazeiro do Norte – aumento de 161%


  3. Brasília – aumento de 155%


  4. São Paulo – aumento de 151%


  5. Petrolina – aumento de 149%


  6. Salvador – aumento de 148%


  7. Rio de Janeiro – aumento de 148%


  8. Aracajú – aumento de 147%


  9. Recife – aumento de 147%


  10. Cuibá – aumento de 132%


  11. Maceió – aumento de 131%


  12. Vitória – aumento de 131%


  13. Ilhéus – aumento de 128%


  14. Navegantes – aumento de 121%


  15. Porto Alegre – aumento de 120%


Metodologia


Feita no último dia 17 de maio, na base de dados do KAYAK Brasil, a pesquisa considera buscas por passagens aéreas de ida e volta na classe econômica saindo de todos os aeroportos do Brasil para todos os aeroportos do mundo. Nesta base, foram pesquisadas o aumento na busca de passagens entre os dias 1º de março e 15 maio para viagens entre abril e julho em 2018 e 2019.


Fonte: Site Badalo