Fórum de conselheiros de saúde fortalece o Controle Social cearense

23


Conquistas, capacitação de conselheiros, defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e desafios da participação social, foram os assuntos debatidos no último dia 19 de setembro, no Fórum Macrorregional Fortaleza de Conselheiras e Conselheiros de Saúde, realizado pelo Conselho Estadual de Saúde do Ceará (Ceará)


O primeiro palestrante, o cirurgião dentista e mestre em gestão em Saúde, Josete Malheiro falou sobre tema, Conquistas e Desafios do SUS e o Fortalecimento dos Conselhos de Saúde. Fez um resgate histórico, falou das principais leis que regulamentam a participação social e apresentou as conquistas da sociedade desde a implantação do SUS.


A gente que integra o Sistema, primeiro, precisa conhecer e segundo, precisa defender. Só sabe a falta que faz o Sistema Único de Saúde, quando você precisa dele e não tem como, nem a quem recorrer”, destaca Josete Malheiro.


Já o segundo palestrante e presidente do Cesau, Pedro Alves, fez uma análise politica da situação atual da saúde no país, abordou da situação dos conselhos de saúde no Estado com base nos diagnósticos realizados pelo Cesau e desafios do controle social.


O desafio atual é a defesa intransigente da democracia e da saúde como direito fundamental do ser humano e superar as desigualdades sociais são fundamentais, inclusive, para implementação e estado de proteção social”, falou Pedro Alves.


Durante o período da tarde, o secretário da Saúde, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, Dr. Cabeto, palestrou sobre o tema, Os Desafios da Participação do Controle Social na Plataforma de Modernização da Saúde do Ceará e disse “Controle Social é feito com responsabilidade e bons sistemas de controle” e salientou “O Controle Social funciona quando discute comportamento, qualifica a informação e quando se cobra a quem deve cobrar”.


O Secretário, também, esclareceu sobre o planejamento voltado e focado na população, na humanização do serviço, mostrou o novo organograma da Secretaria da Saúde do Estado e falou sobre a integração dos sistemas de dados para otimização do tempo e qualidade no atendimento do usuário.


Apos cada palestra foi aberto para perguntas e debate dos participantes e estavam presentes conselheiros e conselheiras de saúde de 35 municípios que integram as Regiões de Saúde de Baturité, Cascavel, Caucaia, Fortaleza, Itapipoca e Maracanaú.