Em nota o Sindicato APEOC vem a público prestar alguns esclarecimentos sobre a greve

20


ANIZIO MELO – Presidente do Sindicato APEOC


O Sindicato APEOC, na condição de representante legal dos servidores da Rede Estadual de Educação do Ceará, vem a público prestar alguns esclarecimentos sobre a greve da categoria, iniciada no dia 25 de abril de 2016, após aprovação em Assembleia Geral realizada no dia 20 de abril de 2016.


1. Na última sexta-feira, dia 06 de maio de 2016, o Sindicato APEOC tomou conhecimento, por meio da Imprensa, da decisão do Tribunal de Justiça que teria mandado sustar o movimento grevista da categoria;


2. Até o presente momento, o Sindicato APEOC não foi notificado pela Justiça do Ceará a respeito de qualquer decisão nesse sentido;


3. O Sindicato APEOC considera o movimento grevista legal e legítimo, por ser resultado de uma insatisfação geral da comunidade escolar em relação às más condições de ensino-aprendizagem, problemas de estrutura nas escolas, demora na liberação de processos funcionais e, principalmente, ao atraso no pagamento do reajuste geral dos servidores desde o dia 1° de janeiro, data-base da categoria, e por ter tomado todo o cuidado na obediência dos trâmites legais exigidos;


4. Diante do enfrentamento judicial que se avizinha, o Sindicato APEOC afirma que, após a notificação da decisão do Tribunal de Justiça, irá recorrer de todas as decisões que entendam que a movimento grevista é ilegal;


5. O Sindicato APEOC afirma que a agenda de mobilização da greve está mantida, com a realização de um grande Ato nesta quarta-feira (11) no Centro Administrativo do Cambeba, a partir das 8h, com concentração na Secretaria da Educação do Estado, e convoca todo os trabalhadores da Educação a se manterem unidos e fortes nesse momento.