Caixa quer que até 10 mil entrem no plano de demissão voluntária

21


Depois do desmonte do Banco do Brasil, pela extinção de 402 agências e a transformação de outras 379 em simples postos de atendimento, será a vez da Caixa.


Será que vão mudar até o slogan da empresa. Ficando “Sai da Caixa você também”?


A Caixa Econômica Federal elaborou seu programa de demissão voluntária, que ainda precisa de aval do Ministério do Planejamento e deverá ser lançado no final de janeiro. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, até 10 mil trabalhadores poderão entrar no PDV, que será voltado para empregados que já podem se aposentar mas que continuam trabalhando. 20 mil servidores da Caixa estariam dentro dessas regras.


O banco pretende oferecer um bônus de dez salários que irá variar de acordo com o período de trabalho dentro da empresa. Ainda segundo a Folha, a Caixa não comentou oficialmente o assunto.


No final do ano passado, o Banco do Brasil lançou um programa de aposentadoria incentivada, sendo que 9.409 decidiram entrar no plano e se aposentaram. O programa custou R$ 1,4 bilhão para o Banco do Brasil, mas a instituição esperar economizar R$ 2,3 bilhões neste ano.


Atualmente, a Caixa conta com 95 mil funcionários e mais de 3 mil agências. Já o BB tem agora cerca de 100 mil empregados, e anunciou o fechamento de 781 agências.


Entre os bancos privados, o Bradesco tem 110 mil funcionários, o Itaú possui 82 mil e o Santander, menos de 50 mil empregados.


Com informações do GGN