Banco de leite da rede pública contribui para redução da mortalidade infantil

25


“É uma sensação indescritível poder amamentar minha filha pela primeira vez.” As palavras de Katiana de Freitas Loureiro resumem bem o sentimento de uma mãe quando consegue amamentar o filho pela primeira vez. O vínculo se fortalece e ambos se reconhecem por meio da amamentação, principal contato afetivo que traz benefícios tanto para mãe quanto para o recém-nascido. Esse momento especial na vida de Katiana e de sua filha, Maria Clara, aconteceu no banco de leite do Hospital Geral Dr. César Cals, da rede pública do Governo do Estado.


O atendimento realizado pelo banco não é restrito às pacientes internas. As mães que deram à luz em outras maternidades, públicas ou particulares, também recebem o atendimento no banco, que funciona 24 horas por dia, por telefone, por meio do número gratuito 0800 286 5678, ou ainda pelo e-mail bancodeleite@hgcc.ce.gov.br. De janeiro a agosto de 2015, o Hospital César Cals já realizou o atendimento a 450 pacientes externas.  O atendimento acontece todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados.


A amamentação é muito importante, tanto para mãe quanto para o bebê. Os bebês recebem anticorpos da mãe para proteção contra infecções, principalmente diarreia, pneumonia, alergias e ainda a obesidade. Já para a mãe o aleitamento é benéfico, pois diminuiu o sangramento após o parto, a mulher corre menos risco de câncer de mama, ovário, diabetes e infarto.


Dados da Secretária de Saúde do Estado do Ceará mostram que na proporção em que o índice de aleitamento aumenta, a mortalidade infantil é reduzida. No Ceará, chega a 71,14% o percentual de bebês acompanhados pelas equipes do Programa de Saúde da Família (PSF) que são alimentados até quatro meses de vida somente com leite materno.


A Taxa de Mortalidade Infantil, que era de 32 por mil nascidos vivos no ano de 1997, ano em que o índice de aleitamento era menos de 47%, foi reduzida para 13,1 em 2011. Segundo estudos do IBGE, o Ceará foi o Estado que mais diminuiu a mortalidade infantil no país.