QUEM SOMOS CONTATO
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Notícias - Brasil

18/07/2016
ARTIGO

Xico Sá: “O maior golpe de Estado silencioso de todos os tempos”

 

O jornalista e escritor XICO SÁ criticou, em artigo publicado no El País, "Como pode, por exemplo, o golpe seguir com esse silêncio todo? O golpe parlamentar sem um editorial contra essa safadeza, sem um jornal digno contra essa escrotidão toda".

"O jornalismo brasileiro só julga puta, preto e petista, quase sempre atendendo um juiz moral de primeira instância. O resto é só tornozeleira eletrônica ou, se for tucano, inimputável, jamais cadeia", analisou.

Ele destacou escândalos políticos que recebem pouca cobertura da imprensa, como o do Banestado. Cerca de R$ 150 bilhões oriundos de privatizações feitas pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) teriam sido enviados ilegalmente ao exterior por meio do banco paranaense.

"O Banestado talvez seja o maior roubo de todos os tempos no Brasil, mas quem diz que isso interessa à imprensa brasileira?", criticou. "Só há uma ideia de justiça: a que vale para todos. Se não for assim, não há justiça, a humanidade toda sabe disso".

De acordo com ele, que nasceu no Crato (CE) e passou parte da vida no Recife (PE), Luiz Inácio Lula da Silva é o maior presidente da história do Brasil e o homem responsável por colocar o Nordeste “na bonita roda da ciranda do avanço”.

Para o escritor, que também é apresentador do programa Extra-Ordinários, do SporTV, o Brasil vive o maior golpe de estado silencioso de todos os tempos. "O Brasil que se vê na tevê e nos jornais, ave, é um país que escolheu a fantasia do golpe político", analisa.

Ele ainda critica o papel da mídia, que se omite: "Como pode, por exemplo, o golpe seguir com esse silêncio todo? O golpe parlamentar sem um editorial contra essa safadeza, sem um jornal digno contra essa escrotidão toda".

"O que mais intriga é que o golpe, com ajuda midiática, não tenha mais ninguém nas ruas contra essa barbárie".

No Twitter, ele postou mais críticas: "não há jornalismo investigativo da mídia convencional sobre temer. Jamais haverá. Golpe é golpe". "Ou fazemos nós o jornalismo de resistência ou estará tudo entregue e vendido, a gente sabe disso", acrescenta.

Ele encerra dizendo que ainda há os que resistem ao golpe. "Os brasileiros de verdade, os sem-teto e os sem terra, num país que não conseguiu fazer reformar agrária desde 1500, estão na peleja. Estou com eles, sempre".

Fonte: Brasil 247 com informações do “El País”

Última atualização: 18/07/2016 às 20:47:51
 

Notícias Relacionadas

19/01/2018    Podemos acreditar que ainda tem bons políticos?
08/01/2018    Por uma frente dos que gostam e dos que não gostam de Lula!
27/11/2017    Odorico Monteiro: "AS LIÇÕES DE LARA"
05/09/2017    Não Verás País Nenhum!
23/01/2017    O PT também é golpista?
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

www.igenio.com.br
Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados